Canek

visu

visu

O Max Duarte desenhou este logo aqui para o site. A partir de um vídeo do Canek, o supercão, uivando para o amolador de facas – única situação em que ele uiva. Não ficou lindo? .

Read more

preguiça já para a próxima semana

Obaysch (1849?- 11 March 1878) was the first hippopotamus seen in England since prehistoric times, and the first in Europe since Ancient Rome. Reli hj boa parte deste blogue. Incrível como a gente muda pouquíssimo. E não é elogio, claro. ...

Read more

DESCARNADAS | mais uma versão para vc dar palpite…

Opa! De conto-de-terror-que-não-é-de-terror, agora temos um título! Que avanço! E não é o-conto-da-salamandra. Até pq definitivamente não são contos, talvez uma pequena novela, ah, classificações: embora sejam três partes em prosa, as quais sozinhas são passíveis de entendimento, se forem ...

Read more

sinixtrão

Pronto! Decretada nova crise de hiperatividade. Não tenho a mínima idéia como profissionais qualificados denominariam isso, mas por hora é suficiente. Tive umas dez mil idéias por minuto, dormi agitada e acordada agora já selecionei três para levar a sério ...

Read more

satyrianas – relatório nº ii (final)

O que são as Satyrianas? Essa ou essa? E me estenderam a latinha, embora estivesse claro que eu queria uma garrafa. Time after time. Sentada ali na Margot, fonezinho nos ouvidos, esperando o Paulo M querido sair da peça. Uma ...

Read more

Code is Poetry

E aqui ficamos, última postagem do Peixe de Aquário, primeira para valer do Contrabandistas de Peluche. Coloco a luz mais bonita de todas que encontrei, a que é refletida no pêlo do Canek, este Príncipe dos Impérios da Fofura, o ...

Read more
Follow on Feedly