alimentação

Ritmo é o que finca o poema no coração das pessoas

Ritmo é o que finca o poema no coração das pessoas

Comentarei dois artifícios simples: o refrão e a anáfora. São boas ideias para se escrever poesia hoje. Comentarei "O corvo" de Edgar Allan Poe nas traduções da revista Escamandro, um poema de Roberto Piva e um poema meu, "campos de lua"

Read more

nunca é só comida

nunca é só comida

Uma das descobertas incríveis da virada deste ano foi essa: nunca é só comida. É um erro crasso isso das calorias. É quase como perguntar as horas a um extraterreste. Que horas? Para qual sol? Em qual planeta? Desfilar calorias é desfilar fusos horários de outras galáxias. Para alguém fará sentido. Para alguém que não compreende, provavelmente, o sentido da tua experiência com o tempo.

Read more
Follow on Feedly