sobre

Ana Rüsche é escritora, atende também por ana erre. Nasceu em setembro de 1979 na cidade de São Paulo. Ministra oficinas de criação e cursos sobre arte contemporânea. Doutora em Letras pela USP. Faz o próprio pão, a própria cerveja e mora com seu cão.

 

NA WEB

Meus primeiros passos na web começaram em março de 2005, quando registrei o Palavras e lugares, hoje inativo – um portal para publicar poemas, entrevistas com poetas, essas pequenas coisas.

Depois, em maio de 2006, comecei a escrever no Peixe de aquário, que chegou até a ser blog convidado da UOL (recebeu ainda um estranho duplo, o Pirata de aquário).

Em 2009, registrei o “domínio próprio”e fiz a estreia deste site, com o blog Contrabandistas de peluche.

Em 2015, em comemoração aos 10 anos de meu primeiro espacinho virtual, inaugurei o ana erre furiosa, blog que você poderá ler por aqui. Espero que volte!

 

NO PAPEL

Meu primeiro livro foi uma edição de autor, o Rasgada (Quinze & Trinta, São Paulo: 2005), que recebeu tradução ao espanhol (Ed. Limón Partido, Cidade do México:2008, tradução Alberto Trejo, rev. Alan Mills).

Publiquei depois o Sarabanda (poesia, Selo Demônio Negro, São Paulo: 2007), que recebeu, em 2013, uma 2a edição da Ed. Patuá (2013).

O terceiro livro de poesia foi o Nós que Adoramos um Documentário (poesia, Ed. Ourivesaria da Palavra, São Paulo: 2010, apoio ProAC – Secretaria de Estado da Cultura).

Em prosa, publiquei o romance Acordados (Ed. Amauta, Brasil: 2007, apoio PAC – Secretaria de Estado da Cultura), quando estruturei o projeto distribuição por contrabando.

No ano de 2016, comemorando dez anos de publicações em poesia, decidi lançar o Furiosa, uma seleção de poemas dos livros anteriores. Aproveitei para colocar a obra em domínio público.

No mais, participei de muitas antologias e revistas literárias nos idiomas catalão, espanhol, inglês e português.

 

GASTRONOMIA

Escrevo também sobre gastronomia. Fiz os textos do livro Pois sou um bom cozin heiro – Receitas, histórias e sabores da vida de Vinicius de Moraes (Org. Daniela Narciso e Edith Gonçalves, Companhia das Letras, 2013) e organizei o Sobre Farinha para Sonhos: Quixote, moinhos de vento e culinária com Dan Rolim e Vanderley Mendonça (Feirinha Gastronômica, abril, 2013).

Sobre cerveja, fiz reportagens como Quando uma mulher decide fazer cerveja (Revista Vida Simples, agosto, 2014) e De bar em bar – um guia sobre cervejas artesanais em Nova York (Revista Have a Nice Beer, novembro de 2014). Sou sommelier de cervejas e trabalho como curadora desta área na KQi Produções.

Follow on Feedly