“Rebaixamento de Plutão pode ter sido precipitado, dizem astrônomos”

Share

Oh, Plutão, querido planeta pobretão, novamente assunto das matérias policialescas da galáxia… Nada mais posso fazer, senão copiar-e-colar um post velhinho, com poemas em tua homenagem…

.

Filhos da Guerra Fria

publicado originalmente no blogue Peixe de Aquário, em 11 de setembro de 2006.

 

.
A expulsão legalista de Plutão do Sistema Solar causou impacto engraçado na mídia, com oposições bizarras entre astrônomos e astrólogos – e por coincidências astrais, “planeta” possui a origem semântica relacionada a “errante”.
.

Selecionei 3 poetas interessantes que postaram em blogs nesse período e complementei com 2 poemas meus publicados no Rasgada. Agradeço aos autores!

* * *

.
São sete graus
e eu um barraco à beira da marginal
….. – quando o haroldo fala em anéis, de saturno, eu penso na rita
meu barraco cultiva bichos que fazem ninhos de besouros
….. ah meu coraçãozinho
incha incha incha
se pudesse diria: eu tenho mãe secretária, eu tenho pai vagabundo
….. mas a música não é minha

de Roberto Romano Taddei, À Guisa de Blogue

* * *

Notícias do Vácuo

Hoje os astrônomos decidiram que Plutão não é mais um planeta.
Dizem que Plutão é muito menor que a Terra e até mesmo menor que a Lua.
Bobagem.
Muitas vezes já me disse que o mês é bem maior que o meu salário,
mas não deixei de constelar contas e cadastros
e nem por isso os astros deixaram de ser astros.

de Fábio Aristimunho Vargas, escreve regularmente no Medianeiro

* * *.

Plutão não é mais planeta

Eu sabia,
lá no fundo,
que ser o último tem um preço:
desespero: esperar sem esperança
como as almas de Caronte
lá no fundo lá no fundo lá no fundo lá no fundo


de Daniela Ramos, autora do Caderno V

* * *

notícias interplanetárias

há um outro planeta vermelho no sistema solar,
tua falta é o eclipse de meu mundo,
parece que houve vida em marte.

.

pequenas alegrias

a araponga martelava o sol a pino
o chorão plantado triste na curva da rua
meu pai me contava sobre os planetas

publicados em Rasgada, 2005.

Share

Related Posts

Follow on Feedly