A pós-humanidade inevitável

Share

O pós-humano é inevitável

– Luiz Bras

Hiperconexões é o título de uma série de antologias de poemas com início no ano de 2013. Organizadas por Luiz Bras, reúnem poemas sobre o porvir, este lugar terrivelmente hipnótico pelas suas possibilidades de maravilha e destruição: como será o pós-humano?

Antes que você já reclame, ah, a ficção científica e suas groselhas, gostaria de te dar um exemplo banal, inclusive substituindo quem escreve: a população de robôs no twitter deve beirar hoje pelo menos uns 10% da rede social. São perfis autômatos que escrevem muito mais coisa-com-coisa do que eu, considerando que possuem uma lógica inabalável e paciência infinita.

O pulo do gato elétrico é que interferem nas eleições, influenciam a opinião pública. Imaginou se você pudesse descobrir quais são os robôs de tua timeline? Iria bater um desapontamento com a inteligência programada. E no facebook então? Daí a gente pensa, hum, quem financia a produção desses robôs que conseguem mudar a opinião pública? Bom, nem precisa ir muito longe no exemplo [longas discussões que aborto aqui], a realidade é maluca demais e muito menos crível que a ficção, vide o país.

Assim, ideia de organizar antologias que nos proponham pensar além e ainda mais de uma forma poética é um feito e tanto. Ler as Hiperconexões é ampliar teu horizonte sobre o porvir, um exercício imaginativo, justamente o que é mais humano. Será que gatos elétricos sonham?

Em um trecho sobre as antologias, Luiz Bras mostra o lado aventureiro:

“Seiscentos e cinquenta milhões de anos de evolução nos dizem que não somos o ponto final da história da inteligência./ Somos apenas a ponte para algo mais enigmático./ E terrível./ Mais uma espantosa ponte numa aventura sem começo ou fim. Num universo esférico feito apenas de pontes.”

Recomendo vivamente para quem gosta de ler, pensar ou escrever!

O volume 3 da Hiperconexões, publicado em abril pela Editora Patuá, foi desdobrado em dois tomos: Carbono & silício + sangue & titânio. Participo do último.

Aqui vai meu poema, fiz meio que dentro do humor da ficção científica setenteira desiludida:

.

Eu, robô

.

Quando me fizeram robô,
me despiram a blusinha de todo o sábado,
jogaram fora o sutiã, tão caro [suspiro].
Não dancei as eternas músicas dos anos 80
nem levei minha coleção de ideias furadas.

Quando me fizeram robô,
me prometeram mundos e fundos,
autonomias e certezas,
a infinda inteligência além da conta,
a conversinha, o pacto, a limpeza,
que você sabe bem onde leva.

Agora que me fizeram robô,
da poesia não sinto falta.
Saudades do teu toque, das lambanças que nunca tive,
agora me falta uma antiga especialidade,
o calculado erro nas coisas irremediavelmente erradas.

.

– – –

Hiperconexões: realidade expandida – volume 3
Organizador: Luiz Bras
Editora Patuá, 2017
Tomos: Carbono & silício + Sangue & titânio
https://hiperconexoes.wordpress.com

Autores participantes:

[ carbono & silício ] Ademir Assunção + Adriane Garcia + Agustín Arosteguy + alberto lins caldas + Amarildo Anzolin + Ana Peluso + Andreya Luanna + Arthur Lungov + Braulio Tavares + Caco Ishak + Carlos Emílio C. Lima + Carlos Pessoa Rosa + Chris Herrmann + Clayton de Souza + Deborah Dornellas + Edgar Franco + Elaine Valeria + Esther Proença Soares + Fábio Fernandes + Fausto Fawcett + Fernando Monteiro + Francisco Erasmo da Sé + Gabriel Felipe Jacomel + Greta Benitez + Jane Sprenger Bodnar + Jorge Nagao + Júlia Moraes Gomes + Katia Borges + Leandro Rodrigues + Luciano Garcez + Ludimila Hashimoto + Marcelo Finholdt + Marco Aqueiva + Marilia Kubota + Maurício Kanno + Newton Cesar + Paulo Lai Werneck + Ray Cruz + Ricardo Miyake + Ronaldo Bressane + Sérgio Bernardo + Silvia Camossa + Tadeu Sarmento + Tiago Bode + Valerio Oliveira + Victor Del Franco

[ sangue & titânio ] Ademir Demarchi + Adrienne Myrtes + Alberto Bresciani + Alexandre Guarnieri + Ana Elisa Ribeiro + Andréa Catrópa + Antony Bidart Castro + Assionara Souza + Bruno Molinero + Carla Diacov + Carlos Lineu + Carvalho Junior + Claudinei Vieira + Danielle Carbonera + Donny Correia + Eduardo Lacerda + Elisa Andrade Buzzo + Fabiano Calixto + Fabio Mariano Cruz Pereira + Fernando Marques + Flávio Viegas Amoreira + Frederico Augusto Messias Vieira + Glauco Mattoso + Jairo Pereira + Joba Tridente + Juan Vargas Rossano + Jussara Salazar + Leandro Dupré Cardoso + Lucas Verzola + Lucimar Mutarelli + Manoel Herzog + Marcelo Ariel + Márcio Barreto + Mariana Teixeira + Mary Prieto + Michel Melamed + Natália Agra + Ninil Gonçalves + Paulo Scott + Regina Junqueira Agnelli + Rodrigo Silveira + Sérgio Aral + Silas Correa Leite + Sonia Nabarrete + Tereza Yamashita + Tobias Vilhena + Vanessa Farias + Vivian de Moraes + Zoé

.

Zoé sou eu.

Venha, nos abrace cada vez mais forte.

Share

Related Posts

Comments are closed.

Follow on Feedly