Como melhorar som e ritmo no teu poema

oficina_poesiaOficina on-line de criação literária

De 17 de janeiro a 21 de fevereiro de 2017

Encontros virtuais às terças-feiras

.

Proposta
Pensada para quem escreve poesia, a oficina tem por objetivo trabalhar um dos aspectos mais bonitos da arte poética: som e ritmo. As atividades serão todas feitas a partir de poemas das pessoas participantes. Trabalharemos com reescritura de poemas, criação de novos versos e muita escuta.

Datas e disponibilidade
Haverá 6 encontros semanais, às terças-feiras das 20h às 21h de Brasília (17, 24 e 31/1 e 7, 14 e 21/2), com participação via hangout. A oficina demanda uma dedicação de aproximadamente 5h por semana, distribuída em leituras, exercícios de reflexão e de escrita, além da essencial interação com a turma.

Ferramentas
As ferramentas utilizadas são o hangout do Google e chat no Telegram. Ambas são gratuitas e contam com possibilidade de uso em computadores, tablet e celulares.

Inscrições
O curso custa R$ 85,00, sendo possível pagar por depósito bancário ou cartões via Pagseguro ou Paypal. Acesso aqui: http://28f96.iluria.com/pd-3F0F01.html

Vagas
Somente 9 vagas!
Como há poucas vagas e o curso virtual exige uma boa preparação prévia do material didático, se houver cancelamento após o dia 14/01, será cobrada multa de 10% do valor do curso. Após o dia 16/01, a multa será de 40%. Estes valores serão devolvidos por meio de depósito bancário a ser feito em conta de titularidade do participante inscrito.

Professora
Ana Rüsche é doutora em Estudos Linguísticos e Literários de Língua Inglesa pela FFLCH, Universidade de São Paulo e possui graduação em Letras. Também é mestre em Direito Internacional e bacharel em Direito pela mesma Universidade de São Paulo. Ministra cursos de criação literária há 9 anos na Casa das Rosas, unidades do SESC, para cursos de extensão da USP (como o Instituto de Estudos Avançados e Centro Angel Rama), entre outras instituições. Escritora, publicou os livros de poesia “Rasgada” (Quinze & Trinta, 2005 e Ed. Limón Partido, Cidade do México, 2008, trad. Alberto Trejo e Alan Mills), “Sarabanda” (Selo Demônio Negro, 2007 e Ed. Patuá, 2013), “Nós que Adoramos um Documentário” (Ed. Ourivesaria da Palavra, 2010) e “Furiosa” (2016). Em prosa, publicou o romance “Acordados” (Ed. Amauta, 2007). Em publicações internacionais a respeito de poesia contemporânea brasileira, podem ser citadas a revista nova-iorquina Rattapallax, a revista londrina Litro e as antologias mexicanas “Caos Portátil” e “¿Qué será de ti? Como vai você?”.

Crédito da imagem: Harryarts – Freepik.com

 

Related Posts

Leave A Comment

You must be logged in to post a comment.

Follow on Feedly