mercúrio retrógrado rules

Share

mercurioFaz tempo que não  sou transpassada por um mercúrio retrógrado assim tão potente. Suas águas pesadas e metálicas arrastam tudo e me trazem passados.

Não é de bom tom mostrar o próprio mapa por aí, mas posso dizer que tenho muita coisa no signo de Virgem, este signo de Terra governado pelo planeta Mercúrio – o das comunicações, dos reis dos mercadores e dos ladrões: tenho o Sol, o ascendente, Mercúrio-ele-mesmo, Vênus e Saturno em Virgem. Uma pequena constelação dos bons arranjos e da praticidade. Assim, os últimos tempos andaram tensos.

(aproveito para dizer que ainda escreverei sobre as respostas aos exercícios de criação que recebi)

A retrogradação dura até o dia 12 de junho, dia dos namoradxs. Isto é, se algum namoro sobreviver até lá. Por aqui, estou surfando. Esta maré de sizígea mercuriana trouxe coisas muito bonitas.

  • Uma delas é ter organizado a parte “escreveram sobre” do site, com textos acadêmicos, artigos e matérias publicados sobre meus livros – encontrei coisas absolutamente esquecidas.
  • A outra é ter encontrado uma versão eletrônica da revista Rattapalax de Nova York (2010), onde constam poemas meus traduzidos pelo Dirceu. Engraçado que a Maiara, que também consta na publicação, e eu sempre ficamos de buscar o nosso exemplar impresso (durante meses!), mas a vida quis me entregar hoje. No papel de luz.
  • Por fim, encontrei esta entrada no blogue do falecido Alberto Guzik. Foi a última coisa em vida que escreveu ali. E tem uma sabedoria arrepiante. Compartilho com vocês, nesta noite chuvosa.

.

15/02/2010

neste amanhecer

neste deslumbrante amanhecer, em plena segunda-feira de carnaval, embarco em minha viagem rumo à travessia do rio letes e à descida para o hades. quando voltar, relatarei o que vi e vivi. o hades não é um reino fácil de se visitar. ninguém retorna de lá sem estar transformado. sei disso. e prometo partilhar com os leitores destes dias e destas horas aquilo que vou vivenciar. dionisos me acompanha na viagem, além de ótimos amigos e do amor de muita gente. evoé.

Escrito por alberto guzik às 07h02

.

Share

Related Posts

2 Comments

  1. anarusche
    29 de maio de 2015 at 12:06

    fiquei feliz quando vi que pingou comentário teu, mai. é tão bom taguear e dar esses recados. bom final de semana pra ti.

  2. Maiara Gouveia
    28 de maio de 2015 at 19:04

    Daqui desta quinta-feira com intervalo, deixo marquinha de batom no teu post, como aquele beijo no asfalto colado no guardanapo, entre as tantas muitas constelações escondidas de infinito a infinito naquele espaço entre as garrafas de cerveja e barulhos cidade adentro.

    Bom te encontrar a pisar nos astros nada distraída. E outros encontros enlaçados pelo fio da escrita.

    Sempre contigo, mesmo quando não estou pertinho. E querendo ficar pertinho, que a saudade está grande.

    Beijos!

Leave A Comment

You must be logged in to post a comment.

Follow on Feedly