Cozinha na Conchinchina

Escrevo o roteiro da 2a temporada do Chefs na Rua, série televisiva sobre gastronomia que passa no Canal Sony.

Mauricio Schuartz, o querido apresentador, viaja para diversos países para provar as receitas locais. Umas coisas maravilhosas. Estreia logo mais.

chefs na rua

Sou do time da terra firme. Fico, enquanto a equipe de direção e produção parte com câmera e cuia para filmagens em lugares dos mais distantes. Desta janelinha que é a internet espio o que a equipe faz lá no Sudeste Asiático.

A parte da pesquisa gastronômica é uma loucura. Imagina que a Dani Narciso e o Dan Rolim, feras nas ciências das panelas, fizeram um amplo levantamento do que se come em cada cidade, com ênfase na comida de rua. Depois detalharam tudo, especificaram onde se come, quando e de qual maneira. Um trabalho fenomenal.

A equipe no jornal de Penang, Malásia.

A equipe no jornal de Penang, Malásia.

E se temos a dupla da pesquisa de cozinha, meu trabalho é tramar uma narrativa. Uma explicação suficientemente boa para fazer você querer viajar conosco e provar, pelo menos com os olhos, refeições inigualáveis. Aprendi tanta coisa divertida nesta jornada. Por exemplo…

… que na tradição de Hong Kong, quanto mais longo é o fio do macarrão, mais alvissareiro será.

… que na Malásia, a maioria das pessoas segue o islamismo, mas como há pessoas cristãs, budistas, hinduístas e cada um tem uma proibição de carne diferente… a carne nacional é a de frango!

… que em Singapura, a comida de rua só pode rolar dentro de locais devidamente organizados, com tabuleta e tudo, os hawker centers. E sim, “Singapura” se grafa com “s” por conta do Novo Acordo Ortográfico.

Mas minha predileta ficou mesmo a Cidade de Ho Chi Min no Vietnã. Antiga Saigon, na região mítica da “Conchinchina”, hehe. Ali perto existe o Delta do Rio dos Nove Dragões – não é incrível esse nome? Delta do Rio dos Nove Dragões. E a cidade leva o nome de um cozinheiro! Pois Ho Chi Min é dos líderes revolucionários que sabia cozinhar. E bem! Foi como cozinheiro que embarcou rumo Atlântico, partiu da então Saigon para conhecer Estados Unidos, Paris, Londres, Moscou. Hehe, me sinto relendo o Almanaque dos Escoteiros Mirins.

O efeito colateral é que ando com fissura de lámen. Aquele caldo fumegante com longos fios de macarrão dentro. Conforto. Quentura.

Ainda as filmagens estão em andamento, com muitas descobertas no caminho. Estou esperando a equipe voltar para colocarmos o papo em dia. Muito curiosa para saber os detalhes todos.

Quando for ao ar, aviso!

Um abraço gigante daqueles do Mauricio para você!

famous-food-in-vietnam-673

Como nem só de palavra vive a pessoa que escreve, comi uns rolinhos desses muito bons na casa do Dan! São vietnamitas, uns rolinhos que ficam transparentes com papel de arroz. Uma forma linda de servir vegetais. Não encontrei minhas fotos desse dia, só as lembranças mesmo. A imagem retirei daqui.

Related Posts

Leave A Comment

You must be logged in to post a comment.

Follow on Feedly