Bolo de macaxeira transcontinental

Bolo de mandioca brasileiro ou iguaria típica filipina

Quando estive na capital do Congo, na cidade de Kinshasa, uma filipina que conheci queria me ensinar a fazer um “bolo típico filipino”.

Como trabalhadora doméstica, a Linda aprovava meus dotes culinários e assim queria me incentivar a aprender uma receita de bolo muito apreciada pelo meu namorado. Linda, mulher prática de sorriso fácil, com seu toque casamenteiro.

A Linda foi parar em Kinshasa por fé, pois professava a religião do Reverendo Moon. No início da vida adulta, em uma espécie de roleta dos astros, de todas as nacionalidades possíveis, foi-lhe designado um noivo congolês. Viajou para a África, aculturou-se e tem duas filhas que me mostrou do celular. Bonitas e sorridentes como a mãe.

Ficamos uma tarde inteira planejando e fazendo o tal bolo de mandioca. Ralamos, misturamos, batemos papo. Quando acabou, ela tirou do forno e me cortou um pedaço.

Provei com cuidado o pedacinho e logo esclamei incrédula:

– Linda, mas este bolo de mandioca a gente come no Brasil!

Comecei a rir. Daí fazia sentido que meu namorado adorasse a receita! Quem diria que no Congo aprenderia uma receita brasileira por uma mão filipina?

Depois entendemos que a colonização espanhola e portuguesa, sua história de tráfico açucarados nos causaram a peça.

*   *   *

Bom, aqui vai a receita reconstituída pelo Dan Rolim:

Bolo de macaxeira
– 500g de macaxeira ralada crua
– 1 coco ralado
– 250g de manteiga
– 500g de açúcar
– 1 pitada de sal

Junte a macaxeira, leite de coco tirado com água [misture o coco ralado com a mesma quantidade de água, misture e esprema], coco ralado, manteiga, açúcar e sal. Mexa bem. Coloque numa forma untada e leve ao forno quente.

Conquiste quem vc quiser!

 

Related Posts

Follow on Feedly