Bolo de chocolate do Dan

Share

Sento na escrivaninha. A noite lá fora é cheia de grilos e da arquitetura diáfana das asas de um monte de bichinho que voa. O bolo está no forno e isso para mim é das coisas mais reconfortantes.

Sempre admirei a prática que minha mãe tem para bater bolo. De limão, rapidinho ficava pronto. Com limão do pé que plantamos. Sem veneno, daí dá pra raspar a casca. A tigela era lambida. Disputada entre meu irmão e eu. Depois apareceu a salmonela e ficou tudo bem mais chato. Vai ovo cru, não pode.

Moro sozinha há anos. Não tenho batedeira. Faço muffins, cupcakes, enfim, massas de bolo assadas em forminhas, pois uma forma de bolo é muito para uma pessoa só. De quando em quando, abro a exceção. Congelo parte do bolo. Fica ótimo. Técnicas dentro de técnicas.

O bolo de chocolate do mestre Dan Rolim é o melhor que conheço. Feito de madrugada, durante alguma festinha em que já estamos cansados e, uau!, eis que começa o Dan a bater um bolinho. Na mão. A foto é de um com baunilha e açafrão. Assado entre alguma besteira que estamos discutindo. Servido quentinho. Formidável.

danO Dan diz que é simples. Ingredientes secos todos na vasilha. A técnica do poço (e você pode pedir para um hispanohablante pronunciar “não pósso cair no pôço”). Você cava naqueles ingredientes secos um buraco e coloca ovos e manteiga ali. Bate tudo na mão. Listo! Pronto para assar em forno médio para baixo.

Daí tem a questão chocolate. Que define tudo. Usa cacau 100%. Nada daquele chocolate do padre que de cacau tem só uns 30% (você pode ler aqui sobre o assunto). Ou seja, você acha que é chocolate, mas é açúcar com um pouco de chocolate. Hum. Acho que é isso.

.

Ingredientes:

– 3 ovos

– 150g de farinha de trigo

– 150g de açúcar

– 150g de manteiga

– 1 colher de chá bem cheia de fermento

– 1,5 a 2 colheres de sopa de cacau (100%) em pó

Modo de preparo. Ligar o forno. Misturar os secos (açúcar, farinha, fermento e cacau). Fazer o poço e colocar os molhados (ovo e manteiga). Bater bem. Assar em forma untada e enfarinhada. Fica lindo e cheiroso.

*  *  *

Ainda tuno com canela, cravo, noz moscada e baunilha. Mas sou eu, exagerada. Sirvo com geleia. Sem acento pq o novo acordo ortográfico está em vigor sem choro nem trégua.

bolo

Share

Related Posts

Leave A Comment

You must be logged in to post a comment.

Follow on Feedly